sexta-feira, 9 de novembro de 2012

CAJÁ-UMBU



O cajá-umbuzeiro é uma fruteira nativa do nordeste brasileiro. Em Pernambuco ocorre de forma espontânea no Agreste e Sertão do Araripe. A ausência de variedades com características agronômicas definidas destaca-se como um dos principais fatores limitantes para seu cultivo comercial. Há poucos dias os pesquisadores do IPA lançaram o clone cultivar Cajá-umbu Araripe que tem aptidão para outras regiões climáticas.   

O cajá-umbu é uma árvore com cerca de seis metros de altura. A produtividade média anual é de cerca de 31 quilos, correspondente a 1.455 frutos, nas condições de sequeiro da Zona da Mata. O florescimento ocorre no final do inverno, entre agosto e setembro e a colheita pode ser feita entre janeiro e março. O peso médio do fruto é de 21,6 gramas, deste total a polpa representa 54%, a casca 33% e o endocarpo 13%.

A polpa do cajá-umbu apresenta sabor agridoce e é rica em vitamina C. Possui cerca de  20 mg/100g. Seu principal uso é na forma de polpa congelada para preparo de sucos, picolés e sorvetes. Mas a população também consome de forma in natura, colhido no pé. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário